Commit 50656e21 authored by Amadeu Andrade Barbosa Junior's avatar Amadeu Andrade Barbosa Junior
Browse files

[OPENBUS-2108]: Release do Core 2.0.0

 - merge do commit 136644 para branches/02_00_00


git-svn-id: https://subversion.tecgraf.puc-rio.br/engdist/openbus/core/branches/02_00_00@136645 ae0415b3-e90b-0410-900d-d0be9363c56b
parent 493923e7
......@@ -35,6 +35,16 @@
% Package for including code in the document
\usepackage{../mwlabinputs2}
\usepackage{html} % *always* load this for LaTeX2HTML
\begin{htmlonly}
\usepackage{verbatim}
\providecommand{\url}[1]{\texttt{#1}}
\providecommand{\codeinput}[2]{%
\textbf{\label{lst:#1}#2}%
\verbatiminput{src/#1}%
}%
\end{htmlonly}
% If you want to generate a toc for each chapter (use with book)
\usepackage{minitoc}
......@@ -347,12 +357,13 @@ Quando essas op
Quando são configuradas através do arquivo de configuração, é necessário informar a lista de valores desejados, no formato de uma tabela \lua{}~\cite{web:lua}.
O código~\ref{lst:openbus.cfg} apresenta um exemplo de arquivo do configuração.
\begin{samplelisting}[language=lua]{openbus.cfg}{Exemplo de arquivo de configuração.}
validator = {"openbus.test.core.services.TesterUserValidator"}
loglevel = 5
admin = {"admin1", "admin2"}
leasetime = 30
\end{samplelisting}
\begin{htmlonly}
\codeinput{openbus.cfg}{Exemplo de arquivo de configuração:}
\end{htmlonly}
\begin{latexonly}
\inputlisting[language=lua]{openbus.cfg}{Exemplo de arquivo de configuração.}
\end{latexonly}
Existem duas formas de se definir o arquivo de configuração que o programa irá utilizar: utilizando a opção ``config'' por linha de comando, ou definindo um valor para a variável de ambiente \emph{OPENBUS\_CONFIG}.
Porém, as opções passadas por linha de comando tenham prioridade sobre as opções definidas no arquivo de configuração.
......@@ -399,66 +410,13 @@ busadmin [op
Para adicionar e remover categorias, entidades, certificados, interfaces e autorizações, aconselhamos que se defina um arquivo de script \lua{} com o formato especificado no código~\ref{lst:openbus.adm}, porque ele serve de entrada para os comandos ``script'' e ``undo-script'' da ferramenta \emph{busadmin}, que executa ou desfaz a execução do lote de comandos especificados pelo arquivo de script.
\begin{samplelisting}[language=lua]{openbus.adm}{Exemplo de script para a ferramenta \emph{busadmin}.}
-- Definição de uma categoria
-- * comando: Category
-- * parâmetros:
-- * id = identificador da categoria
-- * name = descrição da categoria
Category {
id = "TEST_Category",
name = "Descrição da categoria",
}
-- Definição de uma entidade
-- * comando: Entity
-- * parâmetros:
-- * id = identificador da entidade
-- * category = identificador da categoria que a entidade pertence
-- * name = descrição da entidade
Entity {
id = "TEST_Entity",
category = "TEST_Category",
name = "Descrição da entidade",
}
-- Definição de um certificado
-- * comando: Certificate
-- * parâmetros:
-- * id = identificador da entidade
-- * certificate = caminho para arquivo de certificado associado a entidade
Certificate {
id = "TEST_Entity",
certificate = "teste.crt",
}
-- Definição de uma interface
-- * comando: Interface
-- * parâmetros:
-- * id = repID da interface
Interface {
id = "IDL:script/Test:1.0"
}
-- Conceder autorização
-- * comando: Grant
-- * parâmetros:
-- * id = identificador da entidade a ser autorizada
-- * interfaces = lista de interfaces a serem autorizadas.
Grant {
id = "TEST_Entity",
interfaces = {
"IDL:script/Test:1.0",
}
}
-- Remover autorização
-- * comando: Revoke
-- * parâmetros:
-- * id = identificador da entidade
-- * interfaces = lista de interfaces a serem desautorizadas.
Revoke {
id = "TEST_Entity",
interfaces = {
"IDL:script/Test:1.0",
}
}
\end{samplelisting}
\begin{htmlonly}
\codeinput{openbus.adm}{Exemplo de script para a ferramenta \emph{busadmin}:}
\end{htmlonly}
\begin{latexonly}
\inputlisting[language=lua]{openbus.adm}{Exemplo de script para a ferramenta \emph{busadmin}.}
\end{latexonly}
O \emph{busadmin} também permite realizar esses cadastros e descadastros manualmente, além de realizar consultas e outras atividades de gerência do barramento.
A listagem completa dos comandos disponíveis é apresentada a seguir:
......
-- Definição de uma categoria
-- * comando: Category
-- * parâmetros:
-- * id = identificador da categoria
-- * name = descrição da categoria
Category {
id = "TEST_Category",
name = "Descrição da categoria",
}
-- Definição de uma entidade
-- * comando: Entity
-- * parâmetros:
-- * id = identificador da entidade
-- * category = identificador da categoria que a entidade pertence
-- * name = descrição da entidade
Entity {
id = "TEST_Entity",
category = "TEST_Category",
name = "Descrição da entidade",
}
-- Definição de um certificado
-- * comando: Certificate
-- * parâmetros:
-- * id = identificador da entidade
-- * certificate = caminho para arquivo de certificado associado a entidade
Certificate {
id = "TEST_Entity",
certificate = "teste.crt",
}
-- Definição de uma interface
-- * comando: Interface
-- * parâmetros:
-- * id = repID da interface
Interface {
id = "IDL:script/Test:1.0"
}
-- Conceder autorização
-- * comando: Grant
-- * parâmetros:
-- * id = identificador da entidade a ser autorizada
-- * interfaces = lista de interfaces a serem autorizadas.
Grant {
id = "TEST_Entity",
interfaces = {
"IDL:script/Test:1.0",
}
}
-- Remover autorização
-- * comando: Revoke
-- * parâmetros:
-- * id = identificador da entidade
-- * interfaces = lista de interfaces a serem desautorizadas.
Revoke {
id = "TEST_Entity",
interfaces = {
"IDL:script/Test:1.0",
}
}
\ No newline at end of file
validator = {"openbus.test.core.services.TesterUserValidator"}
loglevel = 5
admin = {"admin1", "admin2"}
leasetime = 30
\ No newline at end of file
Supports Markdown
0% or .
You are about to add 0 people to the discussion. Proceed with caution.
Finish editing this message first!
Please register or to comment